Tania Iorillo - professora de francês particular

  • Mont St Michel - visite a França, faça aulas particulares de francês
  • Bistrot - fale francês, aulas particulares de francês para viagem
  • noite em Paris, faça aulas particulares de francês

Francês para Viagem - Depoimentos

Veja abaixo os depoimentos de alguns alunos de Francês para Viagem:

  • Salut Tania, comment ça va ?

    Je te remercie pour tout aide avec le cours e avec les indications et, très important, la indication de Monsieur Robert e Madame Nadjah.

    Notre voyage a été toute parfaite, très rapide mais, parfaite. Zita, Juliana et Cecilia ont aimé le deux jours à Paris.

    Notre hotel, Le Quartier Bercy, a été bon. Pas sophistique, pas cher, mais il a eu le necessaire.

    Le metro a été beaucoup prochain.

    Nous avons visité la tour Eiffel, L'Arc de Triomphe, l'Opéra et plus autre manifiques places.

    J' ai parlé un petit peux de français avec Madame Nadjah e aussi Monsieur Robert, et aussi dans les restaurants, les rues, les monuments.

    Merci beaucoup pour tout et je voudrais continuer envoyer et recevoir emails pour partager informations avec toi.

    À bientôt.

    Em português...

    Obrigado por toda a ajuda, paciência e boa vontade em atender minha apressada necessidade.

    Aprendi bastante com você, praticamente saí do zero e consegui me comunicar... e em francês. Incrível !

    Tania, tenha certeza que seu carinho, seu interesse pelas pessoas e pelo aprendizado, seu conhecimento da lingua e comprometimento em fazer com que aprendamos engrandece você, o trabalho de ensinar e facilita em muito nossa briga quando colocamos tudo isso à prova.

    Obrigado pelas dicas, pelos comentários e pelas pequenas observações que lá, na França, nos mostram a força dos detalhes, que só quem têve o privilégio de vivenciar percebe a importância e valoriza ainda mais você e o seu trabalho.

    Grande abraço, mais uma vez obrigado, e espero poder continuar recebendo suas informações por email, ate que haja possibilidade (ou necessidade) de um proximo curso, que espero não estar muito distante.

    Até mais. Bjs.

    Nivaldo (29 de outubro de 2014)

  • Bonjour Prof Tania !

    Estamos escrevendo pra contar um pouquinho como foi nossa viagem. A viagem é claro foi maravilhosa! Como alugamos um apartamento, tivemos uma oportunidade de viver uma vida francesa, que julgávamos ser impossível.

    Tudo o que aprendemos com você funcionou como um relógio suíço, não poderia ter sido melhor. As “phrases magiques”, surgiam como coelhos na cartola, as vezes fazia um pouco de confusão com os verbos J’ai e Je vais, mas era só para e pensar um pouquinho e pronto, voilá !!

    Todas as dicas que você deu pra gente foram ótimas, desde as de supermercado, até as dos restaurantes. Por sinal fomos no Le Train Bleu, luxo total e comida maravilhosa, fomos no Drouant, olha rolou de tudo um pouco.

    A experiência toda foi um sucesso, nos divertimos muito e conseguimos nosso propósito que era ter uma vivência francesa, e você pode ter certeza de que seu curso de francês de viagem fez toda diferença. Estamos muito agradecidos pela paciência que têve conosco !

    Bisooooous

    Eduardo e Valéria (02 de julho de 2014)

  • Salut Tania!! Comment ça va?

    Nous arrivons a Paris!! C'est magnifique e très romantique!!

    Hoje, apesar de termos chegado muito cansados não conseguimos ficar no hotel. Deixamos as malas e fomos andar pelas ruas completamente maravilhados por estarmos aqui.

    Conseguimos fazer nossa Carte Navigo falando com a funcionária sem problemas de comunicação, fomos a um café onde fizemos o pedido e pedimos a conta tudo em francês, um sucesso! A entrada no hotel também foi tranquila embora tentássemos falar em francês e a recepcionista respondesse em inglês, nos "ignorando" um pouco. Acho que o curso nos ajudou muito também na leitura que está praticamente perfeita (poucas palavras não conhecemos mas conseguimos captar muito bem o sentido da frase e entender os cartazes na rua, os avisos, os cardápios, as propagandas).

    Enfim, nosso sonho de conhecer Paris ficou melhor pela grande ajuda que tivemos com suas aulas.

    Merci!! Demain nous allons à Versailles.

    Bises.

    Mônica e Ricardo (23 de junho de 2014)

  • Salut Tania!!

    Hoje foi nosso jantar de comemoração de aniversário de casamento no Train Bleu!! Impossível descrever num e-mail o que foi de verdade. Impecable!!

    E a nossa chegada então? Ricardo falou em francês que tínhamos uma reserva, o maître localizou no computador (- Oui, Mr. Ricardô!!) e perguntou em que língua queríamos o cardápio. Ricardo respondeu - en français! cheio de si.

    Pedimos os pratos, escolhemos o vinho, a sobremesa e pedimos a conta com toda tranquilidade.

    Estamos vivendo dias de sonho em Paris. Será difícil voltar à realidade.

    E boa parte da nossa alegria se deve à sua preparação com o curso.

    Merci!! Bises.

    Mônica e Ricardo (27 de junho de 2014)

  • Tania!!!

    Tudo bem? Mil desculpas por ter desaparecido assim!!

    Cheguei no Brasil esse domingo! Esses últimos seis meses passaram voando!

    Queria te contar que aquele mês em Vichy na Cavilam foi ótimo! Adorei a cidade e a escola!

    Depois que voltei para Barcelona fiz algumas aulas particulares com uma professora nativa!

    Tudo muito bom! Mas ainda não se compara às suas aulas! Foi incrível o quanto eu aprendi em tão pouco tempo!

    Por isso queria muitoooo voltar a ter aulas com você!

    Como está sua agenda?

    Um super beijo,

    Ana Bia (28 de janeiro de 2014)

  • Salut, Tania!

    Ça va bien?

    A nossa viagem à Paris foi ótima e as suas aulas ajudaram muito. Pena que a gente não conseguiu estudar mais antes da viagem, por causa da correria para o casamento.

    Nós compramos uma pequena lembrança para você e depois deixaremos na portaria do seu prédio.

    Um abraço!

    Luiz Paulo (23 de outubro de 2013)

  • Tania Salut !!

    A viagem foi maravilhosa e suas aulas me ajudaram muito, deu pra me virar bem sim!! O problema é que em todo o lugar tem brasileiro ou português, quando vc começa a falar eles logo percebiam o meu sotaque e já começavam a falar nossa língua. Independente disso a abordagem das suas aulas atendeu perfeitamente o objetivo, só tenho a agradecer.

    Bjs

    José Roberto (04 de outubro de 2013)

  • Maravilhosa professora!

    Falei muito francês. Teve um restaurante em que eu só falei em francês: cardápio, garçom, tudo em francês. Informações no meio da rua em francês!

    ADORAMOS A VIAGEM! FOI UM SUCESSO TOTAL!!! Londres, Paris, Veneza e Roma adoramos tudo!!! As crianças amaram!!! Assim que consegui me organizar te ligo para continuarmos o curso pois queremos voltar para Paris.

    BEIJOS!!!

    Cristiane (16 de agosto de 2013)

  • Taniaaaa, tudo bem ? Comment ça va ?

    Em primeiro lugar mil desculpas por não ter escrito antes...

    Bom, mas vamos falar de coisas boas... A viagem foi ótima !

    Fomos à Paris, onde ficamos por cinco dias, depois à Veneza, ficamos dois dias na casa de um amigo em Carpi, perto de Verona, e por fim à Roma.

    De longe preferimos Paris. Veneza tb foi muito legal. Roma é que esperávamos mais...

    Acho que nossa preferência por Paris foi meio tendenciosa...

    Você nos ajudou muito, muito mesmo!!! Seu curso, suas dicas, o astral das aulas, nossa empolgação e motivação, e muito mais, foram plenamente correspondidos na viagem.

    Nós saímos daqui achando que podíamos falar com qualquer pessoa lá, entender o que elas estavam falando e nos fazer entender... E isso aconteceu !!!

    Em muitas situações falamos em francês. Acho que as pessoas percebiam nosso "conhecimento", pequeno mas real, e nos respondiam ou tentavam se comunicar em francês.

    Falamos nos cafés e restaurantes, perguntamos nas ruas, nos faziamos entender e as pessoas respondiam também em francês. Conseguimos ler e falar (um pouco) em francês e eles falavam em francês conosco.

    Tivemos uma situação em que pedimos informação de um local especifico a uma senhora na rua, em francês, e ela percebendo nosso esforço, nos levou por alguns quarteirões, e nos fez entrar em uma casa onde havia uma escada para um mirante, só para nos mostrar o local que estávamos procurando. Consideramos que ela só fez isso em função de nosso "francês"...

    Deu certo a compra da Carte Navigo também. Andamos para todos os lados de metrô. Suas dicas de pedidos nos restaurantes, a carraf d'eau, os vinhos, museus, locais, etc... foram muito úteis a nós. Correu tudo muito bem.

    Só temos a agradecer a você e seu curso. Saímos do zero e conseguimos nos comunicar em um tempo muito, mas muito curto mesmo. Foi ótimo!!!

    Quando chegamos a Itália, a sensação foi de total falta de comunicação. Tivemos que falar em inglês pois faltou fazer seu curso, só que de italiano... (Brincadeira...). Mas foi muito legal também...

    Agradeço em muito sua ajuda, achamos que foi fundamental para o sucesso e alegria de nossa viagem. Estou pensando até em seguir um curso mais abrangente de francês. Só preciso arrumar tempo. Se achasse um de sábado acho que me arriscaria de novo (já estou começando a esquecer...)

    Bom, é isso. Valeu! Muito obrigado !

    Beijos !!!

    Zita e Nivaldo (03 de julho de 2013)

  • Oi, Tânia!

    Tudo bem? Nossa, no primeiro dia estava difícil pq o inglês imperava....kkkkk!!!! Mas aos poucos fomos relembrando e deu pra se virar super bem. Ate pedi informação sem necessidade....kkkkk!!! Foi bem legal e amamos Paris e o Vale do Loire. Voltaremos com certeza!

    E no próximo mês vamos nos falar após a sua viagem para iniciarmos o curso regular!

    Bises

    Márcia (26 de junho de 2013)

  • Bonjour Tania!

    A Cá foi ótima! Aguentou a maratona dos passeios mesmo com um resfriado que pegou nos 2 últimos dias.

    Não compramos nada para a Luana em Paris, não conseguimos ir até a Tati... mas compramos bastante em Londres numa loja chamada Mothercare, tem site.

    Consegui me virar bem com meu francês. Tive que pedir em vários lugares que falassem em francês comigo. Engraçado que em alguns lugares eu perguntava em francês e me respondiam em inglês. A Cá não segurou o inglês e o Luiz e a Zilda se viraram.

    Adoramos Paris e o tempo estava ótimo, pude sair de bermuda e boné... mas em Londres estava frio e já estávamos um pouco cansados... não foi muito legal...

    Pegamos uma Van no último dia em Paris com um guia Brasileiro, foi ótimo! Recomendo!

    Uma dica para seus próximos alunos sedentários :) ... pegar um Taxi para ir ao hotel com a bagagem, pois dificilmente há escadas rolantes nas baldeações do metro...

    Abraços!

    Thiago (25 de junho de 2013)

  • Bonsoir Tania!!!!

    A viagem foi ótima, Paris é uma cidade muito especial, nem dá para explicar!!!

    Desculpe não escrever em francês, mas eu quero ter certeza de que estou te passando tudo o que eu quero passar!

    Com certeza o curso me ajudou muito. O que mais fazemos em viagens é comer e comprar ingressos e nisso me saí super bem!!! rsrsrs

    Na chegada ao hotel demorei um pouco para entender o que o recepcionista falava quando foi explicar sobre o Wi Fi, depois entendi e começamos a usar. Logo neste hotel a senha deu problema e meu marido pediu para eu falar com eles e avisar que a senha não estava funcionando... Lá fui eu com um papel escrito uma frase em francês explicando isso...

    Depois começamos a tomar o café da manhã fora do hotel. Foi muito legal pedir o "petit déjeuner" todos os dias; fiquei orgulhosa quando o garçom nem precisou me dar o menu e eu já pedi direto sem precisar mostrar o que eu queria! E o melhor, ele entendeu!

    Nos restaurantes deu tudo certo e nas compras de ingressos e lojas também.

    Tive um pouco de dificuldade quando fomos na estação comprar a passagem de trem para Munique e os trens estavam lotados! Aí foi complicado, porque tínhamos que falar sobre datas, horários, tudo muito rápido... Depois fomos a uma agência da Air France para ver passagens aéras para esta viagem. Conseguimos comprar e depois a agente pediu para voltarmos para pegar o cartão de embarque. Eu pensava "ai meu Deus, vou ter que voltar e conversar com ela outra vez!" rsrsrs

    Eu ficava muito preocupada quando tinha que passar por estas situações, mas felizmente as pessoas foram sempre muito simpáticas e prestativas.

    Achei os franceses muito educados! Até o dono do mercadinho que tinha em frente ao hotel, onde passávamos para comprar vinho e queijos no final do dia já nos conhecia! No terceiro dia ele já falou "Bonsoir mes amis" (não sei mais se é assim que se escreve!).

    Quanto a dicas de lugares, não me lembro dos nomes dos restaurantes...

    Minhas dicas seriam para os passeios.

    - comprar o Museum Pass, vale a pena para não pegar a fila de compra de ingressos. Isso não quer dizer que não se pegue fila nenhuma, existem as filas de entrada que são grandes também em alguns lugares, mas já adianta bastante!

    - fiz o passeio para Giverny, que é um lugar lindo, mas foi com a empresa France Tourisme, e achei o tempo de visita muito curto, um pouco mais de 1 hora. Acho que vale mais a pena fazer por conta própria ou talvez com outra agência...

    - fiz o tour noturno com esta mesma agência e também não gostei. Como nessa época lá só anoitece depois das 22hs e o passeio começa as 21:30, rodamos um tempo com a cidade ainda apagado! E depois só parou na Torre Eiffel (maravilhosa), nos outros lugares foi só de passagem mesmo e nem consegui fotografar... Outra coisa que eu faria por minha conta também, principalmente por causa do Louvre!

    Enfim... se depois de oito dias na cidade eu só tenho essas duas coisas para "reclamar"! É sinal de que o saldo foi bastante positivo!

    Obrigada por tudo, você me ajudou muito, seu curso é ótimo e super completo! Abrange realmente todas as situações pelas quais eu passei com meu marido! Se eu não me saí melhor foi porque ficava nervosa mesmo e às vezes me dava um branco! Rsrsrs

    Se eu lembrar de alguma coisa interessante para você passar para seus alunos, eu escrevo novamente! D'accord?

    Bises

    Cris (13 de junho de 2013)

  • Salut, ça va bien...

    A viagem foi incrível. Como previa, entendi tudo em francês, mas para falar não era tão fácil. Mas me virei bem,embora Paris seja hoje uma cidade globalizada. Inglês e espanhol em todos os lugares. Mas amei poder ler uma placa, um cardápio, enfim entender o mundo a minha volta.

    Fui sim ao Grand Colbert. Um lugar bem interessante, não é caro e a comida estava muito boa. Um lugar alegre, gostei. Fomos tb ao entrecote, valeu a pena. Comemos em outros dois lugares incríveis, mas bem caros: L’Atelier de Joël Robuchon, um chefe de cozinha consagrado, com restaurantes em outros países. Lugar moderno, super bem frequentado, comida incrível; e no restaurante do hotel Costes, maravilhoso; o melhor pato que já comi.

    No mais o gostinho de quero mais, uma cidade para voltar e voltar....

    Quando vão???

    Beijocas

    Nivia (12 de junho 2013)

  • Salut Tania!!!!!!

    Quanto tempo! Desculpe-me, não estou mais acessando aquele e-mail do yahoo desde começo desse ano! Anota esse meu novo e-mail! Domingo entrei sem querer no meu email do yahoo e vi seus 2 e-mails!

    A viagem foi ótima!! Paris é muito legal apesar do tempo (não fez sol nenhum dia!)

    Consegui me virar bem no Francês, quase não falei inglês (com exceção que no último dia peguei uma febre e tive que receber uma visita do médico no hotel). Aí não teve jeito, tive que explicar o que eu sentia em inglês...rs

    Fui no estádio do Paris Saint Germain assistir a um jogo de futebol, fiz todo o city tour em Paris, fui para o Castelo de Versailles e no último dia fui jantar no Le Train Bleu! Muito legal! Adorei! Me virei muito bem no Francês, valeu muito a pena o curso intensivo...

    Vamos nos falando!!

    Bises!!
    Thiago (13 de março de 2013)

  • Oi Tania!!!!!!!

    Amei Paris, fui bem melhor do que esperava!

    Além de Paris, conheci uma cidadezinha chamada Annecy, medieval, conhecida por ser a Veneza da França, perto de Genebra na Suíca.

    Suas dicas foram super valiosas.

    Como estou estudando e melhorando meu inglês (iniciante / intermediário) acabei praticando + o inglês do que o francês, foi bom para soltar meu inglês

    Mas suas dicas foram muito valiosas, sempre comecei as frases com o francês básico, e depois dava continuidade no inglês, assim eles viam que eu tinha vontade de falar em francês e me trataram super bem.

    Aliás, aquela impressão / relatos dos brasileiros que vão para lá e são mau tratados, comigo não aconteceu, muito pelo contrário. Dei bonjour para tudo mundo, até para as máquinas automáticas dos ticktes do metrô..rs...rs..

    Teve até um caso, que chegamos atrasados para o nosso horário Eiffel em + 1 de hora, e a moça que confere os tickets nos deixou entrar, acredito que o Bonjour, S.V.P... fez toda a diferença.

    Gostei do seu método, só que eu deveria ter estudado (coisa que não fiz!), mas graças à Deus, deu tudo certo.

    Minha esposa quer morar em Paris agora...rs...rs...

    Obrigado por tudo Tânia!!!

    Pedro (11 de março de 2013)

  • Bonsoir Tania, ça vá?

    Pardonnez-moi por não ter entrado em contato antes, mas desde que voltei de viagem o uol bloqueou meu email, e só tive acesso de novo hoje, vi seus três emails.

    Bom, sobre a viagem: Paris é realmente magnifica. Passei um sufoco na imigração em Frankfurt, o policial até começou a falar em francês comigo, mas aí ele perguntou com o que meu pai trabalhava eu eu nao sabia falar em frances e nem inglês, aí parece que começou a dar tudo errado, pq cada vez mais ele fazia perguntas, pedia documentos e comprovantes (eu mostrei tudo que tinha), mas acho que ele percebeu que nao iríamos conseguir nos comunicar aí ele começou a perguntar pra outra passageira que estava do meu lado (ela é argentina), aí ela traduzia pra mim e respondia pro policial, em fim consegui passar pela alfândega depois de muito sufoco e nervoso.

    Mas dai pra frente parece que tudo começou a dar certo, chegando no CDG liguei pra traslado e consegui dizer que tinha chegado, ele entendeu tudo e disse pra eu aguardar na sortie 2, mas eu nao sabia que tinha um andar de embarque e outro de desembarque, no fim eu estava esperando na saída errada (isso já era 19:00h), mas o motorista da van veio me buscar na saída certa e fomos em direção ao hotel.

    Chegando no hotel foi tudo perfeito, me apresentei na recepção e compreendi tudo que o homem me disse, número de quarto, horário do petit déjeuner, o andar do meu quarto. E pra começar a treinar meu francês eu perguntei "Où est l'ascenseur?", aí ele me mostrou. (Eu já sabia onde estava o elevador.)

    No dia seguinte acordei cedo e fui conhecer a cidade de metrô, cheguei no guichê e já fui falando - "Je voudrais une carte NaviGo pour une semaine", aí a moça pediu a foto e me levou até a máquina pra fazer a recarga. Achei o metrô muitoooo sujo e meio perigoso. Presenciei um atropelamento e um assalto dentro do metrô em Montmartre.

    No primeiro dia só fiquei conhecendo a cidade com aquele ônibus aberto, só descia nos lugares para fotografar. Em frente ao meu hotel tinha um mercado, eu passava todo dia pra comprar água e ficava encantado com os produtos diferentes e tal. Vou te mandar em anexo a fotos do meu local preferido em Paris.

    Consegui ser compreendido bem nas lojas e nos restaurantes. Mas confesso que fui uma vez só comer em restaurante, preferia comer algo rápido na rua pra não perder tempo.

    Fui de trem pra Versalhes e passei o dia por lá. Um trem diferente, com dois andares. O bom foi que comprei aquele Paris Museum Pass, então nao precisava enfrentar fila para comprar os ingressos. O pior foi no Arco do Triunfo, quando sai daquele túnel que leva até o arco, já vi uma portinha para entrar, e como não tinha fila achei que era pra quem tinha o cartão igual ao meu, mas era a entrada pra subir de escada, aí não tinha mais volta, tive que subir e cheguei no topo quase morto com as pernas bambas, kkkkkkk. Mas valeu a experiência e a aventura.

    Fazendo um balanço geral de Paris, adorei a cidade apesar de achar um pouco suja, mas até então que cidade não é? So volto a Paris de novo se for acompanhado, é muito ruim viajar sem alguém conhecido. ...

    E com você, esta tudo bem? Como passou o fim de ano? Depois se você puder montar um programa com 2 aulas semanais de 1 hora cada, eu gostaria de continuar estudando francês, gostei muito do seu método e acho o idioma incrível. Depois você me envia o programa direitinho com o preço, mas com certeza só poderei começar no segundo semestre.

    Merci beaucoup.

    Grande abraço.
    Renan (30 de janeiro de 2013)

  • Tania Bonjour! Comment êtes-vous? ...

    Vous devez être curieux au sujet de mon voyage à Paris, non?
    (Você deve estar curioso sobre minha viagem à Paris, não?)

    Le voyage était très bon, j'ai besoin de vous rencontrer pour vous raconter les détails, et nous combinons pour vous de m'inclure dans la liste de leurs élèves fixés.
    (a viagem estava muito boa, eu preciso te encontrar para te contar os detalhes e combinarmos para vc me incluir na lista de teus alunos fixos)

    Il lui a aussi apporté un cadeau qui n'a pas pu livrer en raison d'un rien de temps.
    ( trouxe um presente que não pude entregar em razão de nada de tempo)

    Je tiens à vous remercier pour tout ce que vous avez fait pour moi, et je vous souhaite une nouvelle année pleine d'étudiants, la joie, la santé et la paix, que votre chemin est éclairé parce que vous êtes une personne très spéciale.
    (eu quero muito te agradecer por tudo que vc fez para mim, e eu te desejo um feliz ano novo cheio de estudantes , alegria, saúde, e paz que teu caminho seja de luz pq vc é uma pessoa muito especial)

    Joyeuses Fêtes à vous et à votre famille et à l'arrière.
    ( Boas Festas para vc e tua família )

    Francisco Rodrigues (29 de dezembro de 2012).

    PS Je ne pouvais pas écrire tout cela sans l'aide de google traducteur, et je sais que vous serez heureux quand même car il est écrit en français.
    ( eu não podia escrever sem a ajuda do google tradutor e eu sei que vc ficará muito feliz de todo modo pq está escrito em francês)

  • Salut ma chère! ça va?

    Je voudrais dividir com vc minha alegria qdo ao sair do aeroporto de Orly, chamei o taxi, lhe disse o endereço do hotel e qual minha surpresa que fomos conversando o trajeto sobre o clima em Paris, sobre os dias de chuva, sobre o Brasil ..Claro que pedi pra falar doucement..s.v.p. Pouvez vous parlez doucement???? rsrsr, mas ele me falou do meu sotaque que era bom ....Ao chegar no hotel, claro que me apresentei como vc me ensinou...Bonjour, je suis madame ......... e dai recebi a chave do quarto....Eles me compreendiam e aí esnobei ........ Bonjour, svp, Est-ce que il y a ......um bom restaurante, um supermercado, uma farmácia .....E o Je voudrais então ...sucesso total . rsrsrsrs. Relógio, nem pensar, eu só perguntava as horas, Quelle heure est-il???? e o melhor.... entendia as respostas ....... moins le quart, et quart .....et demie ... Depois disso tudo eu parecia uma perdida e perguntava como fazia para ir para tal lugar .....e novamente entendia a resposta ...foi demais , me senti a própria francesa rsrsrsrsr

    Izilda (27 de novembro 2012)

  • Oi Tania!

    Desculpe a demora na resposta! Voltamos já na maior correria...
    A Viagem foi maravilhosa! As meninas adoraram, nós adoramos e foi tudo muito especial!
    Nos viramos super bem no francês sim! Cardápios em francês, guias em francês... o Chris até ganhou um "O Sr fala muito bem francês!" de um taxista em Reims!!
    Foi bem legal!

    Obrigada!!

    Bjs, Maíra (17 de setembro de 2012)

  • Oi Tania,

    Desculpa a demora em responder. Amamos tudo e foi maravilhosa a França e Londres. Infelizmente nao praticamos muito o Francês Pq qdo perguntávamos em Francês eles respondiam em Inglês, aí virava uma bagunça Pq já nao sabíamos como falar rsrsrs
    Entretanto um pouco mais afastadas de Paris só nos comunicávamos em Francês mesmo e deu tudo certo, conseguimos sem problemas.
    Obrigada por tudo, beijos

    Lilian (16 de setembro de 2012)

  • Oi Tania, tudo bem?

    Voltei de Paris no dia 2 de setembro.
    Foi tudo maravilhoso. E o melhor é que consegui me virar com o francês que aprendi.
    Quando eu pedia alguma informação ou ajuda e eles falavam muito depressa, soltava a frase mágica : “Je n’ai pas compris. Pouvez vous parler plus lentement svp “ e voilá!, explicavam bem devagar e usando termos mais fáceis.

    Como aluguei um apartamento, vivi como “parisiense” mesmo, andava muito e o metrô era o transporte para me locomover.
    Consegui fazer o passe que vale por 1 mês para metrô, ônibus e trem chamado Carte Nominative Transport. Vou confessar, tive ajuda de uma funcionária que entendia um pouco, um pouquinho mesmo espanhol, porque mexer pela primeira vez naquelas maquininhas não é fácil não.
    Agosto na Europa é o mês de férias, por isso muitas lojas, boulangeries de bairro ficam fechadas, movimento mesmo, só nos pontos turísticos.

    Obrigada pelas aulas e pelas dicas, mais para frente gostaria de retomar.
    Beijos

    Cleusa (13 de setembro de 2012)

  • Bonjour Tania!

    Ça va bien et vous?

    A viagem foi maravilhosa!!!! Difícil é voltar, rsrsrsrs.

    Usamos sim! Falamos francês, mas falamos bastante em inglês também.
    Quase sempre quando os franceses percebiam que não tínhamos fluência automaticamente eles mudavam pro inglês.
    O curso ajudou muito. Teríamos boiado se não tivéssemos estudado antes. Nem sempre entendíamos tudo que eles falavam, mas várias situações como restaurante, pedindo orientação na rua foram bem tranquilas.

    Depois o Bê vai te procurar porque estamos com vontade de continuar estudando francês com vc!

    Bj grande e obrigada por tudo! Bernardo e Renata (10 de setembro de 2012)

  • Bonsoir Tania, ça va bien, merci.

    A viagem foi um pouco cansativa, mas Paris é realmente espetacular, deslumbrante, linda!!!!!!
    ... As suas aulas nos ajudaram muito, conseguimos entender e nos fazer entender a maior parte do tempo. Tiveram alguns casos que precisamos usar o tradutor, como um dia no restaurante que precisamos de um canudinho e no hotel que precisei mandar lavar o casaco da Catarina, mas não tinha no papel da lavanderia casaco para bebê. Mas em todos os casos conseguimos nos virar bem....
    Só o Eduardo teve um pouco de dificuldade em entender como funcionava a máquina de bilhetes. No dia que fomos para o Château de Versailles ele não estava conseguindo comprar na máquina, então procurou o guichê, só que o rapaz do guinchê não vendia os bilhetes, só dava informações. O Eduardo perguntou como comprava o bilhete para Versailles e ele respondeu que é só comprar para Versailles. Assim, muito simples. Bom, mas o Eduardo voltou para a máquina e conseguiu comprar. O Eduardo foi pedir o Audio Guide no Château e a atendente até perguntou se ele era francês. Rimos muito!!!
    ...
    Enfim, nossa viagem foi ótima, mas 10 dias foram poucos. Ficou aquele gostinho de quero mais. Se Deus quiser voltaremos em breve.

    Obrigada,
    Beijos
    Marisa e Eduardo (16 de agosto de 2012)

  • Ooooi Taninha !
    Estamos com saudades de você.
    Adoramos a viagem.

    As aulas ajudaram muitooo. Não falamos o tempo todo em francês, mas em inúmeros momentos nos salvaram.
    Conversas e pedidos rápidos eram fáceis, mas quando o francês começava a falar mais e mais, ficava difícil manter a conversa nessa língua.

    Rodamos muito e quase não paramos em Saint Paul du Ven. Primeiro em razão do nosso cansaço, segundo porque o mapa e as placas descreviam como coisas separadas.
    Uma placa dizia: Sta Paul, a outra: Ven, em qual seguir ? Mas, a nossa energia e a vontade em seguir sua dica nos deu forças para ir, e fomos !
    Realmente é lindíssimo. Fiquei apaixonado. Que lugar...

    Precisamos marcar agora a sua visita aqui em casa para um jantar. Avec ver du van Bourdaux+ fromage

    Paula e Fernando – (03 de julho de 2012) * - (em Lua de Mel)

  • Ahhhi Tania!

    Desolè!!! Tá uma loucura no trabalho... eu tenho pensado mto tbm em te escrever, mas demorei demais!!! Desculpa!

    Bom... foi tudo ótimo na viagem, tudo maravilhoso!
    ...

    - Paris foi mto lindo.....Bateau Mouche, Torre, Louvre, Tullieres.... muita comida boa.... demais! Só esqueci a minha câmera dentro do metro... tinha entrado do lado errado pra ir ao Luvre,,.. quando me dei conta, saí correndo e esqueci a camera....... ahhhh!!! mas td bem.. tinha passsado muitas fotos já pro computador e todos os dias tirávamos fotos com o celular...

    Esse foi o dia que mais falei francês... indo de estação em estação falando: Je oubliè mon apparreil photo dans le metro! Ahauhehehheh acho que me virei bem sim... falei bastante!

    Beijos!!

    Bruno (02 de julho de 2012)

  • Tania querida vc é o máximo, usei muito o meu francês mesmo não tendo estudado como gostaria....me senti o máximo tb kkkkk. Claro que recebemos umas grosserias, mas a viagem está incrível. Amei de todo o coração St Paul de Vence ....até chorei naquele lugar, mto obgda pela dica!

    Depois Cannes foi incrivel pois pegamos bem a semana do festival do Cannes Lions, tava bombando !

    Mônaco ok, mas não ė tt minha cara rs.... O iron man de Nice foi emocionante. Agora estamos na Espanha mas ainda tem Paris, depois te conto, escrevo só para dizer que seu curso é realmente incrivel , da para vir e se virar! Me perdi, pedi informação, perguntei preços, hora, localização, pratos e tudo mais!

    Andrea (26 de junho de 2012)

  • Salut Tania!!! ça va bien?

    Devo ser a aluna mais relapsa que vc já teve né? Enfim....2 meses depois eis que apareço para dar noticias.
    A Viagem foi muiiiiiiiiiiiiiiiiiito boa, me encantei absurdamente com as 2 cidades.
    Londres é encantadora, achei o povo extremante educado e prestativo.
    O Glamour de Paris é envolvente. O mix de povos e línguas é fascinante.
    Como já era previsto não consegui falar muito, porém consegui entender bastante e isso foi delicioso.
    Tenho a intenção de continuar fazendo pelo menos mais uns 6 meses de aula, para que o conhecimento que obtive não se perca. Aproveito para perguntar como funciona o seu curso normal, horários e valores.

    Bisous!
    Merci
    Silvia (30 de maio de 2012)

  • Oi Tânia,

    Estou te escrevendo pra falar que a viagem foi ótima e que o Francês foi sensacional. Acho que na viagem inteira eu falei talvez umas 10 frases em inglês. As vezes eu não entendia direito, mas ia em frente assim mesmo. Minha esposa ficou impressionadíssima rsrsrs... Acredita que eu até recebi um elogio de um atendente da AppleStore? Eu estava tirando dúvidas sobre o teclado de um Mac e falei que eu era brasileiro e ia voltar em poucos dias e aí ele falou algo como "sério? eu não vejo turistas falando francês assim". Enfim, parabéns pelo seu método e pela didática. Funciona.

    Estou pensando em fazermos uma espécie de ´manutenção/evolução suave´ com uma aula de 2hs por semana, pelo menos pelos próximos 3 meses por conta de uma outra viagem que talvez eu faça mais pra frente. Particularmente, eu gosto muito de ler, então podemos tentar encontrar livros simples pra eu ler como "lição de casa", em adição aos exercícios normais. O que vc acha? Isso funcionaria?

    Beijos,
    Antonio    (02 de Março - 2012)

  • Olá, ma chère Tania, comment ça va? Et la famille?

    ... Quando chegamos em Paris, fiquei um pouco assustada com as multidões naquelas “gares” e nós, mudando de estações e puxando malas, mas apesar disso, todo mundo acaba te ajudando numa boa. Fizemos um passeio básico num daqueles ônibus abertos, descemos em alguns pontos, foi muito legal... Sim, pratiquei meu francês em Paris e na Suiça, tropeçando aqui e ali, mas tudo às mil maravilhas, em lojas, restaurantes, cafeterias, e até com as vizinhas da minha amiga. Mas conseguia obter todas as informações de que precisávamos, foi um  guia espetacular.
    Pois é, ma chère, viu como você foi importante para nós? A confiança que você nos passou fez toda a diferença, pode acreditar!
    Obrigada mais uma vez e un très gros bisou pour vous aussi.

    Sheila (21 de Fevereiro - 2012)
  • ... Agora vamos ao que interessa, minha comunicação. Para começar o Dude dizia em português a quem quizesse ouvir: Um momento eu não entendo francês, mas minha esposa sim... No começo devo dizer que foi meio complicado, no meu ouvido os sons se misturavam. Aos poucos fui me acostumando e quando me saia bem até arriscava um papinho...

    Em Rouen, duas senhorinhas de uma mesa ao lado, vieram me comprimentar pela leitura do cardápio, em PERFEITO FRANCÊS, pois eu era a intérprete oficial de cardápios a roteiros de museus e exposições....Adorei, tive algumas dificuldades mas o francês é gentil quando percebe que vc.quer se expressar na língua deles e imediatamente perguntam da onde vc vem e ao dizer que  nós somos do Brasil, eles se espantam e perguntam porque estamos visitando aquela cidade. Aconteceu em Montpellier, em Avallon e outras que nem lembro.

    Valeu muito sua ajuda, o que aprendi tenho certeza que não vou esquecer ... Obrigada, beijos

    Teresinha (16 de novembro - 2011)
  • Oi Tania!!!!!!

    Desde que voltei de viajem estou pra te ligar, mas tô na maior correria. Adoramos tudo, Paris é linda, ficamos encantadas e até conseguimos nos comunicar com os franceses. Obrigada pelas dicas, só que algumas ficarão para próxima viagem, pois com certeza voltaremos mais vezes.

    Abraço, Isabel e Érika (17 de setembro - 2011)
  • Tania

    Merci pour toute la chose!! Você me ensinou os primeiros passos do francês.

    Tu es une chérie pour moi (até na Suíça).

    Merci

    Geovanna - 6 anos (14 de julho - 2011)
  • Nossa, hj foi demais!!

    Fui na farmacia, pedi remedio pra minha amiga, depois fomos na feira, comprei uns lencos pra elas, a mulher me entendeu tranquilamente. Dei umas três informações pra uns franceses sobre o workshop, porque eles não estavam entendendo nada.. rsrsrs ahh e tbm falei com a camareira do hotel.. rsrsr

    Ahh, pedi também meu café da manha e pedi a conta duas vezes... e eles me entenderam... uhuuuuu...

    bjão
    amanhã te conto mais...bisouss!!

    Ester (11 de julho - 2011)
  • Nous sommes à Paris!!!!!!!!!!
    Ta lindo aqui, ja consegui falar alguma coisinha em francês, um garçom até brincou comigo que eu estava ate falando bem!!
    Te mando mais noticias!!!

    bisousss

    saudades

    Ester (09 de julho - 2011)
  • Tania, bonsoir!

    Paris c'est une belle grande ville. Les personnes sont très sympa et gentil, principalement quand nous parlons en français.
    Hier, en CDG aeroport je demande pour aide just en français et tout les personnes, avec qui j'ai parlé, gentiment nous ont aidé.
    Aujord'hui, nous avons visité la Cathédrale de Notre Dame. Merveilleux! Nouns aimons. Nous avons visité le Jardin de Luxembourg. Très joli et intéressant. Ce soir nous avons allé à pied au Louvre, mais le musée a fermé. Dans le chemin, nous avons diné en Chez Benjamin.

    Nous avons parlé avec les garçons en français seulement et ont été bien compris. Nous parlons en français avec trois personnes, deux garçons et une serveuse. Nous demander de la nourriture et le vin, puis le dessert et le café. Ensuite, j'ai demandé à un garçon de prendre une photo de nous . La photo a été grande et quand je peux le transférer sur mon ordinateur, je vous enverrai. Un garçon m'a dit que je parle français très bien. Je vous remercie.

    Bises.

    Reinaldo et Cecília (28 de abril - 2011)
  • Olá,Tania
    A viagem foi ótima, a região da Provence é muito linda e Paris é tudo de bom.. As aulas me ajudaram muito...consegui me virar bem, o básico é claro, no restaurante, nas lojas, pequenas informações enfim... foi muito legal, foi bem mais fácil para entende-los.

    Bem divertido.

    Obrigada por tudo.

    Beijo

    Sonia (28 de abril - 2011)

  • Olá chérie,

    (...)

    Estamos sendo super bem tratados pois falamos só em francês. Hoje ganhei o dia. Ao perguntar no centro de informação turística sobre o passeio dos castelos a atendente disse que estou me fazendo entender bem em francês. Fiquei feliz!!! E minha prof também ficará, n'est ce pas?

    Depois escrevo mais, hoje andamos muito e estou trés fatigué.

    Bisous

    Olívia (05 de abril - 2011)

  • Ma Chere Prof Tania,
    Chegamos!! Nous sommes à Paris!!
    Espero que tudo esteja bem com você. Vi só um pouquinho, mas já deu para perceber o quanto essa cidade é demais!! Depois te escrevo sobre o que estamos vendo.

    Menina, e não é que estou me virando super bem no francês?! Estou entendendo bem e me fazendo entender... Isso graças a você, querida prof! Obrigada por tudo.

    Bisous

    PS. na correria de arrumar as malas esqueci de trazer as dicas de Paris que vc me deu. será que vc poderia mandar por e-mail?

    Olívia (01 de abril - 2011)
" Chantez tout au long de la vie. Le voyage sera tellement plus agréable "
Torre Eiffel, aprenda francês